Lúmens x Watts – Entenda a diferença

Por Avant

Por Avant

Você sabia que nem sempre a lâmpada com maior quantidade de Watts é necessariamente a que mais ilumina? Preparamos uma matéria sobre esse tema para desmistificar e esclarecer tudo sobre eficiência luminosa.

No mercado de iluminação existem três nomenclaturas muito importantes que são fundamentais na hora de escolher a lâmpada ideal para o ambiente. São elas: Fluxo Luminoso, Intensidade Luminosa e Eficiência Luminosa.

Lúmens: Medindo o Brilho

Os lúmens são uma unidade de medida que expressa a quantidade de luz visível que uma fonte de iluminação emite. Em termos simples, quanto mais lúmens uma lâmpada produzir, mais brilhante será a luz que ela emite. Portanto, os lúmens são uma medida do brilho percebido pelos nossos olhos.

Antigamente, as pessoas associavam a quantidade de lúmens com a potência em watts, o que levava a muita confusão. Porém, com a evolução das tecnologias de iluminação, como as lâmpadas LED, a relação entre lúmens e watts mudou consideravelmente. Agora, é possível obter uma quantidade maior de lúmens com uma potência menor em watts.

Watts: Medindo o Consumo de Energia

Enquanto os lúmens medem o brilho, os watts são uma medida de energia consumida pela lâmpada. No passado, quando as lâmpadas incandescentes eram a opção mais comum, a potência em watts era usada como um indicativo aproximado do brilho da lâmpada. No entanto, com o surgimento de tecnologias mais eficientes em termos de energia, como as lâmpadas fluorescentes compactas (LFCs) e as lâmpadas LED, a relação entre watts e brilho se tornou menos direta.

As lâmpadas LED, por exemplo, podem produzir uma quantidade significativa de lúmens com uma potência muito menor em watts se comparadas às lâmpadas incandescentes. Isso significa que você pode ter uma iluminação brilhante e eficiente em termos energéticos com uma lâmpada LED de baixa potência em watts.

Escolhendo a Iluminação Certa:

Agora que você entende a diferença entre lúmens e watts, fica mais fácil escolher a iluminação certa para suas necessidades. Ao procurar uma lâmpada, leve em consideração a quantidade de lúmens necessária para o espaço em questão. Se você deseja um ambiente mais brilhante, opte por uma lâmpada com mais lúmens. Para uma iluminação mais suave, escolha uma lâmpada com menos lúmens.

Além disso, é importante pensar na eficiência energética. As lâmpadas LED são uma escolha excelente nesse aspecto, pois fornecem um alto número de lúmens com baixo consumo de energia em watts. Com as lâmpadas LED, você pode obter um ambiente bem iluminado e, ao mesmo tempo, economizar na conta de energia.

Conclusão

Lúmens e watts são duas medidas cruciais ao selecionar uma lâmpada adequada para iluminar seu espaço. Enquanto os lúmens medem o brilho percebido pelos nossos olhos, os watts indicam a quantidade de energia consumida pela lâmpada. Com a tecnologia em constante evolução, é possível obter uma iluminação brilhante e eficiente em termos energéticos com lâmpadas de baixa potência em watts, como as lâmpadas LED. Ao considerar a quantidade de lúmens desejada e a eficiência energética, você poderá escolher a iluminação ideal para criar o ambiente perfeito em sua casa ou local de trabalho.

Interessante não é mesmo? 

Nos acompanhe nas redes sociais e saiba mais sobre luminotécnica:

Confira também

Como utilizar perfis na decoração?

Os perfis de LED têm se destacado como uma solução versátil e elegante para a iluminação decorativa. Com diferentes modelos e possibilidades de aplicação, eles podem

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial